Pesquisar

Colorindo o mundo fashion através das ilustrações de Claudia Liz

livro de colorir para gente grande

Os livros de colorir destinados aos adultos tiveram um boom em 2015. Vários tipos, temáticas, estilos e tamanhos ganharam prateleiras de livrarias por todo o Brasil, principalmente por causa da fama de relaxante que ganharam.

Mais vendidos
Os seis livros para colorir mais vendidos de 2015. [Foto: Divulgação]
Sem sombra de dúvidas O Jardim Secreto, da britânica Johanna Basford, se tornou o mais popular e só perdeu o posto com a chegada do Floresta Encantada, da mesma autora. Aliás, os especialistas chegaram a dizer que esta modalidade foi o que salvou o mercado editorial brasileiro ano passado (2015), seguindo o sucesso dos livros interativos.

A tendência agora são os livros de nicho, temáticos. Sobre gatos, anatomia e personalidades, por exemplo. Diferente dos livros infantis, os dos adultos têm padrões mais complexos.

Mesmo com a fama de relaxantes e todas as possíveis explicações científicas para que este tipo de publicação tenha caído nas graças do público, acredito que a variação de temática também ajudou aumentar a procura. Considerando que quanto mais próximo do universo de quem vai pintar, melhor.

Eu, por exemplo, não conseguiria relaxar pintando mandalas e jardins. Na terceira página já estaria mais estressado que antes de começar. Por isso, demorei a me render a este tipo de livro. Até que em agosto do ano passado, encontrei em uma das minhas visitas mensais à livraria (viciados em livros e papelaria me entenderão), o Colorindo o mundo fashion. Foi amor a primeira vista e antes de começar a pintar fiquei dias namorando as ilustrações.

Adquiri meu exemplar na Saraiva Mega Store e na época custou R$27,90, acho que por causa do lançamento. Segundo consultei na loja online da Saraiva, atualmente custa R$11,20. E vou te dizer… Mesmo que eu tenha pago mais caro, valeu cada centavo.

O livro publicado pela Companhia Editora Nacional traz ilustrações muito bem desenvolvidas e, apesar de divertido e sem textos contam a história da evolução da moda. Tem roupa de época, atual, influência parisiense. Enfim, praticamente coisa de colecionador.

De acordo com a contra capa, a proposta do livro é fazer um passeio através dos símbolos de estilo e beleza partindo do início do século XX até os dias atuais, aproveitando o vasto conhecimento da autora (ilustradora?) com a temática. Roupas, sapatos, capitais da moda, acessórios, cabelos e estampas estão disponíveis para serem coloridos livremente.

No vídeo abaixo você confere algumas das ilustrações do livro. Clica no play e vem folhear comigo.

Tenho certeza de que será uma ótima aquisição para os amantes e estudiosos da moda.

A autora

Claudia Liz
Claudia Liz [Foto: Reprodução]
Se você nasceu até o início da década de 1990 com certeza já ouviu falar, e muito, de Claudia Liz. A goiana é considerada a precursora das Top’s brasileiras.

Quando encerrou a carreira de modelo iniciou carreira como atriz. Sendo logo premiada no Festival de Cartagena em 1995, como melhor atriz, pelo filme As Meninas. Entretanto, se afastou das telinhas e telonas em 2004, quando participou do filme Procuradas.

Multitalentos, atualmente tem escritório de design em São Paulo e continua trabalhando com moda e comunicação, mas desta vez com ilustração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *