Satisfações e um computador que explodiu

Parece uma coisa… Toda vez que estou pronto para voltar a blogar, acontece alguma coisa para me impedir que retorne. Desde o final de 2017 foram varias as tentativas.

Refiz o layout do site, planejei um calendário editorial, projetei temas e zás, quando vou por em prática tudo o que havia idealizado, meu computador explode bem na minha frente. Não é força de expressão, não. Pegou fogo bem na minha frente. Faleceu.

Pior que o bichinho já estava agonizando e dando sinais dos últimos suspiros, mas preferi não encarar a realidade que chegou. Esta é a realidade de um blogueiro classe média, duro por natureza e agora sem a menor ideia de quando terá condições de adquirir um computador novo.

Por enquanto, estou “alugando” o desktop do meu pai. Esquece vídeo no LeitteTV, não existe a menor condição de editar nada nessas circunstâncias, pelo menos por agora. Quero crer que em breve consiga estar 100% na ativa.

Eu já mantinha certa desconfiança de que o ano de 2018 seria uma loucura. Muita coisa acontecendo num curto espaço de tempo. Só não tinha noção de que viria com força e com os dois pés na porta. Só para variar comecei o ano no Pronto Socorro com crise alérgica. Os fogos nem tinham se apagado e 0h10 lá estava eu sendo medicado.

Estamos no começo de março e desde as festas de fim de ano eu já emagreci 6kg, perdi o computador, fiquei doente, melhorei, viajei de férias, fiquei doente, voltei, engordei tudo de novo, fui para bloquinhos de carnaval depois de anos, fiquei doente de novo. E, fui dormir jornalista e acordei estudante de Direito.

Parecia uma possibilidade ainda tão distante e do nada cá estou eu abrindo um novo ciclo e abraçando mais uma nova oportunidade que a vida está me proporcionando. Estou de volta à Universidade, desta vez carregando um Vade Mecum maceta para cima e para baixo e aproveitando para malhar os braços… Porque o bicho é pesado mesmo!

Sobrevivi esse trator que passou derrubando tudo nesse primeiro trimestre do ano. E agora estou aqui para reafirmar que, apesar dos pesares, continuo de pé e cheio de planos para tirar a poeira desse espaço que eu amo ter e amo cuidar.

Agora é seguir em frente e trabalhar, porque conteúdo não vai faltar. Não vai faltar mesmo.

Tags da história
, , ,
Mais de Jorge

Borba: Destino de fé no Amazonas

Essa viagem aconteceu em 2014. Enquanto o País vivia a expectativa do...
Leia mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *